Bolo de maçã, aveia e mel

Posted on Posted in A relação com a comida, Doces, Receitas

Tem dias em que a gente sente desejo por alguma comida ou sabor específico, não tem? A vontade de comer essa coisa específica aparece na nossa mente e fica. Fica. Fica. Fica…

Pois bem, semana passada, eu fiquei com vontade de comer bolo de maçã. E isso aconteceu logo quando um calor absurdo chegou aqui em São Paulo! Vocês não acham que bolo de maçã combina com chazinho quentinho, chuva e inverno? Outono, no máximo. Mas não com essa temperatura de verão, com um sol escaldante, céu azul, picolé e ventilador.
3797888307_6aed027b28_zE eu pensei comigo: Que estranho, vontade de bolo de maçã… Não, tá muito quente, deixa pra depois. Não estou com vontade nem de comer, imagina sair pra comer algo assim. Aliás, pior ainda, imagina ligar o forno pra fazer algo assim! Não, não. Esquece.

O problema é que meu corpo não concordou muito com esse raciocínio que fiz. Não sei bem que parte do meu cérebro é responsável por me fazer ter desejo de bolo de maçã no calor, mas acho que ela não se dá muito bem com a parte do pensamento e decisões lógicas. Dificilmente se entendem.

E aí, apesar de tentar continuar rejeitando a ideia de comer bolo de maçã, a vontade continuou ali. E eu pensava no bolo de maçã. Lembrava de bolos de maçã que eu já tinha comido. Pesquisava receitas, para ter ideias e usar quando fosse fazer o bolo “depois”, “num outro momento”.

Para complica, o desejo foi ficando mais específico e detalhado. Eu queria bolo de maçã, sim, mas feito com aveia. Aveia e açúcar mascavo! Mel, quem sabe? Pode ser. Canela, noz-moscada, nozes e uvas passas, claro. Hm, também queria açúcar polvilhado em cima, porque dá um toque delicioso e caseiro ao bolo. Será que está faltando alguma coisa…?

Como vocês podem imaginar, a ideia da receita chegou a um ponto em que sair pra comer uma fatia de qualquer bolo de maçã por aí não era mais uma opção. Antes que eu conseguisse inventar algo mais, decidi enfrentar o forno e fazer o bolo.

Aqui ficam as considerações finais:

Meus estudos apontam que a vontade de comer bolo não é afetada pelo calor, como imaginavam anteriormente os pesquisadores (eu mesma).
Bolo de maçã continua uma delícia independente do clima e da temperatura.
Tentem não ignorar as vontades por alimentos específicos! Elas não vão desaparecer como mágica e podem até piorar.
Se, por acaso, tiver alguém aí com vontade de bolo de maçã, aveia, açúcar mascavo, mel, noz-moscada, canela, nozes e uvas passas… Bom, eu conheço uma receita ótima, olha só:

Ingredientes

-2 maçãs Fuji grandes (ou 3 pequenas)
-3 ovos
-1 e ½ xícaras de farinha de aveia
-½ xícara de aveia em flocos finos
-½ xícara de amido de milho (ou polvilho doce)
-½ xícara de gordura de coco líquida (pode usar manteiga ou a gordura que preferir, sempre derretida)
-1 colher de sopa de suco de limão
-¾ de xícara de chá de açúcar mascavo
-½ xícara de chá de mel
-1 colher de sopa de canela em pó
-Pitada generosa de sal
-Pitada de noz-moscada ralada
-1 colher de chá de fermento em pó
-1 colher de chá de bicarbonato de sódio
-½ xícara de nozes em pedaços
-½ xícara de uvas passas

Modo de fazer

Pré-aqueça o forno a 180 graus.

Unte com gordura de coco (ou manteiga) e enfarinhe com a farinha de aveia uma forma redonda de cerca de 20-23 cm de diâmetro.

Em uma tigela, coloque: a farinha de aveia, a aveia em flocos, o amido de milho, a canela, a noz-moscada, o sal, o fermento e o bicarbonato. Misture todos com auxílio de um fouet ou espátula e reserve.

Descasque as maçãs, reservando a casca, e corte em cubos não muito grandes.

No copo do liquidificador ou mixer, adicione os seguintes ingredientes: ovos, gordura líquida, suco de limão, cascas das maçãs, mel e açúcar mascavo. Bata até que esteja tudo bem incorporado e uniforme.
Em seguida, incorpore essa mistura aos ingredientes secos que estavam reservados na tigela.
Por fim, acrescente as maçãs em cubos, as nozes picadas e uvas passas e misture-as à massa pronta.

Coloque na forma e leve ao forno a 180°C por 30-40 minutos ou até a superfície do bolo estar dourada e ele passar no teste do palito, que tem que voltar seco. Se quiser, polvilhe açúcar e canela por cima e pronto!

Obs.: Esse é um bolo de consistência mais densa, que realmente não cresce muito!

Imagens: Reprodução Flickr