DocesReceitas

Quadradinhos cremosos de fubá com coco

Junho é o melhor mês de todos. Eu gosto muito de Dezembro também, mas Junho é imbatível – é friozinho e tem a maior concentração de comidinhas gostosas regionais do ano. Sim, a quantidade de comidas deliciosas é um critério perfeitamente adequado para escolher o mês preferido. Alguém discorda? Ah, bom.
9262757922_06aa8baceb_bAlém de sempre ter morado no Nordeste, que é a região que mais tradicionalmente comemora as festas juninas, algo que contribui muito para a minha preferência pela culinária típica  dessa época é que eu nasci no mês de Junho. Ou seja, junto com brigadeiro e beijinho, minhas festas de aniversário sempre tiveram bolo de milho, canjica, amendoim cozido, pamonha… Eu adorava!

Agora estou morando em São Paulo, mas nem por isso preciso deixar de lado essa tradição. Sendo assim, vim compartilhar com vocês a minha receita preferida de bolo de fubá! Na verdade, a receita preferida não é exatameeente assim, já que eu fiz algumas adaptações, mas continua igualmente deliciosa. Espero que gostem tanto quanto eu!

Bolo de fubá cremoso
Ingredientes

– 4 ovos
– 2 xícaras de chá de fubá (daquele fininho)
– 1/2 a 1 xícara de chá de rapadura ralada (depende de como prefere – mais ou menos doce!)
– 2 xícaras de chá de água filtrada
– 1 xícara de chá de coco seco ralado (100g)
– 1/3 de xícara de chá de manteiga (75g)
– 1/2 xícara de chá de queijo minas padrão ralado (50g)
– 1 colher de sopa de fermento em pó

Modo de Fazer

Ovos e manteiga em temperatura ambiente. Essa parte vocês já sabem, né?
Pré-aqueça o forno a 180°C.
Unte uma assadeira retangular média (usei uma de 27 x 18 cm) com manteiga e enfarinhe com o fubá, cobrindo toda a superfície uniformemente.

Aqueça a água filtrada até ficar morna – a temperatura que estamos procurando é uma não excessivamente quente ou fria, uma em que você possa deixar o dedo (limpinho) dentro da água por 10 segundos sem ter desconforto.
Bom, aí eu poderia dizer “bata tudo no liquidificador, coloque na forma e leve para assar”? Poderia. E ia dar certo? Ia, sim. Mas vou enrolar um pouquinho e dizer o passo a passo oficial da receita.

Então… no copo do liquidificador, coloque as 2 xícaras de água morna e o coco ralado, batendo por cerca de 1 minuto. Em seguida, adicione os ovos, a manteiga e a rapadura, e volte a bater, até a mistura ficar uniforme. Adicione o queijo e bata mais um pouco.
Por fim, coloque o coco ralado e o fermento e misture tudo com uma espátula, até incorporar bem. A massa fica líquida mesmo, não precisa se preocupar.

Disponha a mistura na assadeira e leve ao forno por cerca de 40-50 minutos. Como a gente já sabe bem, cada forno é um forno e tem sua personalidade própria. Fique de olho para não queimar essa incrível iguaria junina – o bolo estará pronto quando estiver consistente e com a superfície dourada.

Depois, é só esperar esfriar, para que ele fique mais firme, e cortar em quadradinhos para servir. Ou cortar em triângulos, círculos, corações… você decide o formato, mas, por favor, deixe esfriar primeiro. Eu sou a rainha de desenformar e cortar o bolo ainda quente, mesmo que a receita diga expressamente o contrário, mas, acredite, não vai dar certo com essa.

Aproveite!

Imagem: Reprodução Flickr

3 thoughts on “Quadradinhos cremosos de fubá com coco

  1. Ariela, fiz esse bolo para um open house de um amigo, todos amaram! Fica muito bom mesmo, acrescentei cubinhos de goiabada e acabei fazendo na forma de furo no meio. O bolo ficou bem alto, acredito que na forma retangular como sugere fique mais suave. Mais uma coisinha, na sua explicação você não menciona a hora de colocar o fubá, acredito que está trocado, pois você citou o coco ralado em 2 momentos…

  2. Oi, Priscila.

    Fico muito, muito feliz em saber que conheceu o blog e que está gostando. Eu também agradeço por ler os meus textos e por vir aqui me contar. 🙂 Muito obrigada!

    Abraços e espero que continue acompanhando!

  3. Oi Ariela !

    Conheci o seu blog esta semana e estou adorando. Quanta coisa boa eu já li! Obrigada por dedicar parte do seu tempo para compartilhar conhecimento com a gente.

    Priscila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *