Barrinhas de castanhas, tâmaras e coco ralado

Posted on Posted in Doces, Receitas

Aí onde você mora está fazendo calor? Aqui está fazendo muito calor. Eu estava planejando postar uma receita de sobrecoxas de frango assadas ao molho de vinho branco e laranja que testei recentemente, mas o calor não deixou. Explico: toda vez que tentava escrever a receita, ficava com vontade de comer alguma coisa refrescante ou gelada. Provavelmente porque esse é um prato bem encorpado, de sabores fortes, e talvez por isso combine com o inverno. Ou talvez porque o calor está afetando meu cérebro. Fato é que essa receita vai ter que esperar mais um pouquinho, até os termômetros marcarem temperaturas mais amigáveis e eu já não me sentir almoçando em uma sauna.

coconut date sliceEnquanto isso não acontece, trago receitas um pouco mais adequadas à estação. É o caso dessas barrinhas, que além de deliciosas e leves, podem ser comidas geladinhas! Elas são ricas em gorduras saudáveis, vindas das castanhas e do coco, além de antioxidantes do cacau. Mas fique atento: as tâmaras desidratadas são ricas em açúcar natural, então essas barrinhas realmente se assemelham a um doce, e eu prefiro comer como uma sobremesa ocasional. Mas, claro, você escolhe comer da maneira que for melhor para você e seu corpo!

Vamos à receita, que é bem simples:

Ingredientes

– 150g ou 1 xícara de chá de castanhas de caju cruas
– 100g ou 1 xícara de coco fresco ou desidratado ralado
– 200g de tâmaras desidratadas sem o caroço (corresponderão a 1 xícara de chá de tâmaras picadas)
– 1 colher de sopa de raspas de casca de laranja
– 1 colher de sopa de cacau em pó (opcional)
– 1 colher de sopa de mel (opcional)

Modo de fazer

coconut date slice2Vou iniciar sendo cruelmente sincera: esta é uma receita que, idealmente, deve ser feita em um processador. Veja bem, não é que seja impossível de fazer no liquidificador, eu já fiz. Mas as barrinhas não ficam tão uniformes, e dá um pouco mais de trabalho. Mas vale a pena, acredite!
Primeiro, coloque as tâmaras sem caroço em uma tigela e adicione água filtrada até que as tâmaras estejam cobertas. Deixe essa mistura na geladeira por algumas horas, até as tâmaras ficarem macias. Em seguida, coloque as tâmaras no processador/liquidificador e bata até que estejam em pedacinhos. Reserve em uma tigela.
Agora, coloque no processador/liquidificador as castanhas de caju e bata até que fiquem granuladas. Essa parte pode dar um pouco de trabalho ao ser feita no liquidificador, vai ser preciso parar algumas vezes para mexer a mistura e assegurar de que todas as castanhas estão trituradas.
Em seguida, adicione as tâmaras picadas, o coco ralado e as raspas de laranja às castanhas que estão no processador/liquidificador. Coloque também o cacau em pó e o mel, se for usar. Bata tudo junto, até formar uma pasta uniforme. No liquidificador, novamente você deverá parar o processo algumas vezes e misturar a massa, para que todas as partes fiquem em contato com a hélice e tudo seja processado e misturado de maneira uniforme.
Por fim, leve a massa a uma travessa coberta com papel manteiga e espalhe. A altura das barrinhas vai ser determinada pelo tamanho da assadeira. Eu usei uma de cerca de 25cm de lado, e elas ficaram com, mais ou menos, 0,5cm de altura.
Leve a travessa à geladeira e refrigere por algumas horas, até atingir a consistência de cortar. Por fim, corte em quadrados pequenos e aproveite!

Só posso dizer que elas podem se conservadas na geladeira por até uma semana, porque foi o tempo que duraram. Se você usar o coco ralado desidratado, provavelmente podem ser conservadas ainda mais tempo.
Eu fiz essa receita com castanha de caju porque é a melhor castanha de todas a minha preferida, mas você pode usar a que gostar mais! Algumas opções são avelãs, nozes ou amêndoas. Também pode utilizar uvas passas ou damascos desidratados no lugar das tâmaras, sendo que com o damasco o resultado será um pouco menos doce. Além disso, pode adicionar sementes de abóbora, sementes de girassol, chia, pedacinhos de chocolate amargo, canela em pó, outras frutas desidratadas… São muitas as opções, deixe sua criatividade trabalhar!

Agora testa aí e aproveita, enquanto o Sol tosta a gente mais um pouquinho.

Imagens: Reprodução Flickr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *